Cruzeiro do Sul ocupa 1º lugar no ranking estadual na meta de vacinação contra Gripe

Publicado em 14/05/2018 - 16:44 | Por Redação

Após o Dia “D” contra a Influenza, realizado no último sábado (12), o município de Cruzeiro do Sul ocupa o 1º lugar no ranking estadual de vacinação, já tendo atingido 46.79% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. A Secretaria Municipal já vacinou até o momento 8.221 pessoas, tendo que levar a imunização para mais 17.589 pessoas até o último dia da campanha, para alcançar assim a meta do público alvo.

Segundo a secretária municipal de Saúde Juliana Pereira, as unidades de saúde do município ficaram abertas na manhã e tarde de sábado, além de uma tenda disponibilizando a vacinação em outras áreas, próximo aos mercados. A Secretária enfatiza a importância, da população que ainda não procurou a vacinação, em procurar as unidades até o fim da campanha.

“É importante a população saber que a campanha continua até o dia 1º de junho, priorizando o público alvo. Ressalto ainda a importância da imunização contra a influenza, pois esse vírus pode trazer complicações e levar a óbito, sendo a vacina a melhor e mais segura forma de se proteger contra doença. Após o dia 1º de junho, conforme o saldo de estoque da vacina, será então aberto para os outros públicos”, enfatizou a secretária.

Algumas equipes que estão realizando a vacinação na zona rural e nas comunidades ribeirinhas ainda estão em campo, e devem trazer os dados com número de vacinados. O prefeito Ilderlei Cordeiro está prestando o apoio necessário para que o município possa atingir as metas estipuladas pelo Ministério da Saúde e imunizar o maior número de pessoas dos grupos de risco.

“Parabenizo o empenho de toda equipe da secretaria de saúde, que não tem medido esforços para alcançar todo público alvo. Nossas equipes estão passando nas escolas, na zona rural, nos acamados, e é com toda essa mobilização, e com empenho de cada um, que estamos conseguindo esses resultados satisfatórios. Esta é uma preocupação da nossa gestão, a de manter o público alvo da campanha imune e livre dessa doença”, finalizou o prefeito.

A campanha foi lançada no dia 23 de abril e se estende até o dia 01 de junho.  Contemplando crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos (a partir de 60 anos), profissionais da saúde e professores, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. A única contraindicação é para quem tem alergia severa a ovo.

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.