Bombeiros socorrem grávida na zona rural do interior e bebê nasce dentro de viatura

Publicado em 09/01/2018 - 10:41 | Por Redação

A filha da mesma mulher, em 2016, já havia acionado a equipe do Corpo de Bombeiros para uma mesma ocorrência 

Era por volta das 7h desta segunda-feira (8), quando os Bombeiros foram acionados para atender a uma ocorrência em um Seringal da BR-317, km 19, em direção ao município de Assis Brasil. Era uma mulher grávida prestes a dar a luz.

Parecia filme repetido. A filha da mesma mulher, em 2016, já havia acionado a equipe do Corpo de Bombeiros para uma mesma ocorrência, só que daquela vez, quando chegaram, a criança já havia nascido.

O bebê nasceu saudável e se chama Marcos Antônio/Foto: reprodução

Foram mais de 19km de BR, 20 de Ramal e mais 15 reservas para chegarem até a residência de Marly Araújo. O destino era levar a jovem mãe até o hospital Raimundo Chaar, em Brasiléia, para ser atendida mas, não deu tempo. A mulher, depois de 1 ou 2 quilômetros dentro da viatura, avisou que estava em trabalho de parto e a equipe parou no meio do Ramal para realizá-lo.

“Estávamos eu, a mulher grávida, a sogra e mais dois soldados na viatura. Foi tudo muito rápido depois que embarcamos, ela avisou que não aguentava mais. Já paramos a viatura e fizemos o parto ali, no meio do mato. Não foi difícil, pois era o terceiro filho dela, não demorou dois minutos e a criança nasceu”, disse o bombeiro, Marcos Antônio.

A mãe entrou em trabalho de parto antes de chegar ao hospital/Foto: reprodução

A criança chegou no hospital bem de saúde. Segundo a mãe, o filho iria se chamar Marcos mas, em homenagem ao Bombeiro que realizou seu parto, ela resolveu chamá-lo de Marcos Antônio. Para o soldado, foi uma experiência emocionante.

“Foi meu primeiro parto. Posso dizer que é uma situação muito tensa, uma mistura de felicidade com nervosismo, mas, pela graça de Deus e o treinamento consegui junto com meus companheiros L. Farias e Fernando, ajudar o Marcos Antônio a vir ao mundo. Fico muito feliz por isso, nunca vou esquecer esse dia e aquele momento”, finalizou o soldado.

fonte:contilnet

Veja também

Comentários