PMDB reafirma apoio a Gladson, mas contesta escolha antecipada de Eduardo Veloso

Publicado em 06/12/2017 - 10:43 | Por Redação

 

A possível escolha do médico Eduardo Veloso (PSDB), como pré-candidato a vice-governador na chapa de Gladson Cameli (PP) não foi digerida por alguns partidos do bloco de oposição no Acre. O presidente regional do PMDB, o deputado Flaviano Melo divulgou uma nota reafirmando apoio a Cameli na manhã desta terça-feira (5) e pedindo que o acordo firmado para a escolha do vice fique para 2018.

“O PMDB do Acre reafirma seu apoio integral à pré-candidatura do senador Gladson Cameli (PP) ao governo do Acre. O vigor deste apoio aumenta na medida em que crescem as chamas de unidade no campo da oposição. A unidade das forças políticas é essencial para nossa vitória e o PMDB reconhece que esta evoluiu, mas ainda não está completa. E precisamos concluí-la, sem o açodamento da pressa”, diz Flaviano.

Para o cacique peemedebista, a divulgação que a indicação do vice ficaria nas mãos do deputado federal Major Rocha (PSDB) não estava no acordo firmado e anunciado há alguns meses pelo presidente do PP, José Bestene. “Conforme o acordado entre os partidos de oposição (vice em 2018), o PMDB contribuirá para a superação das dificuldades para a construção da chapa majoritária que garanta a unidade e a vitória nas urnas”, finaliza Flaviano.

fonte:ac24horas

Veja também

Comentários