Coluna Política Pimenta no Reino 08-08-2017

Publicado em 08/08/2017 - 18:42 | Por Redação

Pré-candidaturas perdem força e Marcus Alexandre pode renunciar prefeitura

Novos ataques

As facções continuam mostrando força e organização. De ontem (7) para hoje, mais ataques criminosos foram identificados nas cidades de Senador Guiomard, Porto Acre, Tarauacá e em Rio Branco. O prejuízo com a queima de ônibus já ultrapassa os R$ 2 milhões.

Sem aula

Em Porto Acre, mais de 80 alunos deverão ficar sem aulas. Três micro-ônibus foram incendiados ontem à noite. Detalhe, mesmo com a onda de sinistros criminosos, o prefeito do município não retirou os veículos das garagens, ação feita pela maioria dos gestores em todo o Estado.

Noite de pânico

A noite de segunda feira (7) foi de pânico para a população de Tarauacá. Forças de Segurança foram para as ruas e o povo ficou acordado temendo incêndios criminosos em suas residências. Pelo menos seis tentativas de incêndios foram registradas e controladas. Desde o último sábado que esses eventos criminosos vêm acontecendo na cidade.

Alvo fácil

As facções continuam se comunicando. Os alvos procurados são garagens mais isoladas, no interior do Estado, onde o nível de segurança é frágil. Na Capital, com a escolta das polícias ao sistema de transportes coletivos, os ataques pararam.

Governo Federal

O governador Tião Viana, no tempo em que Dilma Rousseff era presidente, não falava em reforço da fronteira do Estado. Era como se isso não existisse. Após a saída de Dilma, parece que o governo lembrou que tem linha extensa de limites com as cidades da Bolívia e do Peru. O Palácio Rio Branco continua terceirizando o clima de insegurança.

Generalizando

Outra saída da cúpula de segurança pública é a generalização do crime. Comparar o Acre com o Rio de Janeiro é esdruxulo. Não se vê na Região Norte nenhuma outra cidade com ações tão pontuais das facções criminosas.

Roubos e furtos

Um outro registro que as autoridades públicas não comentam, mas que aumenta nesse período, são os crimes contra o patrimônio. As facções precisam de financeiro para custear suas ações, a saída é mesmo aumentar os roubos e furtos, vale tudo, desde camionetes a celulares.

Dinheiro

A Receita Federal abre às 9h desta terça-feira a consulta ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda de 2017. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o Receitafone 146.

Montante

Serão depositados 2,8 bilhões de reais em restituições de 2,012 milhões de contribuintes. Como nos lotes anteriores, a Receita dará prioridade na liberação das restituições de idosos e contribuintes com deficiência física, mental ou doença grave.

Gasolina mais cara

Mato Grosso, Tocantins e Sergipe aumentaram o preço da gasolina na última semana. O preço médio nesses Estados foi R$ 3,76. Mesmo assim, o Acre continua com a gasolina mais cara do país, o preço médio registrado é de R$ 4,35.

PT segue na lama

A Polícia Federal (PF) informou, em nota, que a senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR); seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo (PT/PR), e mais três pessoas cometeram crime de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro qualificada após concluírem um inquérito no Supremo Tribunal Federal instaurado para apurar crimes praticados na campanha eleitoral para o Senado em 2014. Gleisi, Paulo Bernardo e mais duas pessoas também são acusadas de crime eleitoral.

Documentos

A nota foi divulgada ontem (7) no site da Polícia Federal. “Em fevereiro 2016, a PF apreendeu documentos na residência de uma secretária do setor de operações estruturadas da construtora Odebrecht. Entre eles, planilhas relatando dois pagamentos de R$ 500 mil cada a uma pessoa de codinome ‘Coxa’, além de um número de celular e um endereço de entrega”, diz a nota.

E a CPI da Sehab?

Hoje é terça-feira (8), a expectativa é que a CPI da Sehab se movimente, marque oitivas e comece verdadeiramente a investigar a distribuição, compra e venda irregular de casas populares no Estado do Acre. Será que agora vai?

Oportunidade

O Ministério do Esporte abre hoje (9) as inscrições para o programa Bolsa Atleta 2017. O novo edital foi publicado nessa segunda-feira (7) no Diário Oficial da União. As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 22 e o processo seletivo terá como base os resultados obtidos pelos atletas em 2016.

Seleção

Segundo o ministério, podem concorrer à bolsa os atletas que conquistaram bons resultados em competições nacionais e internacionais e que estejam vinculados a uma entidade de prática desportiva. No entanto, para a modalidade Bolsa Estudantil, os desportistas serão selecionados nos Jogos Escolares e nos Jogos Universitários Brasileiros.

Caravana do açaí

O senador Gladson Cameli lidera uma Caravana para prestigiar o Festival do Açaí na próxima sexta-feira (11). Visitas técnicas às obras da BR-364 estão previstas para o roteiro. Cameli vem ao Acre após participar de uma festa do Dia dos Pais, em Brasília.

Rotina

O deputado federal Alan Rick e o pré-candidato ao governo, ou ao senado, ou sabe-se lá o que, Tião Bocalom, continuam com agendas solitárias pelo centro de Rio Branco, desconectadas de Gladson Cameli. Dia 25 de agosto está marcado o ato para filiação de Alan Rick no DEM. A festa promete a presença de lideranças nacionais do partido no Acre.

O vice de Cameli

O DEM aposta que nessa data o senador Gladson Cameli oficialize o nome de Alan Rick como pré-candidato a vice na chapa de oposição. Uma nota divulgada pela imprensa chegou a adiantar esse cenário, mas o presidente do PP no Acre, José Bestene, tratou de colocar água na fervura, afirmando que, a escolha do vice está em processo de construção, com muito diálogo entre todos os partidos.

Zeca no comando

O Zé Bestene é autorizado pelo senador para dialogar e debater com os demais partidos a condução política do Partido Progressista. Cameli deixa claro que ele faz parte de um grupo maior, sem sigla, mais colocando os interesses do Acre em primeiro lugar.

Marcus Alexandre /Foto: G1

Perdeu força

As pré-candidaturas de Emylson Farias, Nazaré Araújo e Daniel Zen perderam força. Não se viu mais nenhum tipo de movimento ao Palácio Rio Branco. Tudo leva a crer que Marcus Alexandre vai mesmo renunciar ao cargo de prefeito para concorrer nas eleições majoritárias de 2018.

Veja também

Comentários