Coluna Política Evandro Cordeiro 02-06-2017

Publicado em 02/06/2017 - 10:24 | Por Redação

“Se reclamarem de serviço malfeito no Ruas do Povo, pedirei minhas doações de volta”, diz empresário

Ele é um dos construtores que hoje está falido em decorrência de supostamente não ter recebido

Bala trocada

“Se me pedirem dinheiro de volta alegando serviço malfeito no Ruas do Povo, eu vou pedir o que doei de volta também”, ameaça feita via coluna por um empresário que tomava café hoje cedo comigo. Ele é um dos construtores que hoje está falido em decorrência de supostamente não ter recebido.

Jairo Cassiano

Baixa no governo 

Jairo Cassiano, conhecido lá atrás como “Jairo da Radical”, leal à Frente Popular como ninguém, é a primeira grande baixa no Governo ocorrida na esteira do deputado federal Alan Rick, por enquanto sem partido. Jairo era, até ontem, representante do Estado na região do Iaco. Deixou um salário gordo para trás em nome de um projeto liderado pelo amigo Alan.

Alternativa

Ao entregar a carta ao governador Tião Viana (PT), informando sua saída da Frente Popular, Jairo Cassiano ligou para fazer uma ressalva: não tem nenhuma disposição para compor com a oposição. Vai tentar por uma via alternativa.

Promessa ao PCdoB

Eduardo Farias (PCdoB), vereador e líder do prefeito Marcus Alexandre (PT) na Câmara de Rio Branco, desistiu de disputar a eleição para deputado estadual convencido por uma promessa de fato alvissareira: a de que será o próximo candidato a prefeito da capital pela Frente Popular.

Prioridades

Com Eduardo Farias convencido de que será o próximo candidato a prefeito pela Frente Popular, o PCdoB tem três prioridades definidas: reeleger o deputado estadual Jenilson Leite, eleger o chefe do Depasa, Edvaldo Magalhães, e a Perpétua Almeida para federal.

Moisés fora 

Absolutamente alijado dentro de seu partido, o deputado federal “substituto”, Moisés Diniz (PCdoB), estaria sendo aconselhado a se preparar para realizar o sonho de ser prefeito de Tarauacá ou Jordão. De preferência por um partido longe daquele que ajuda a catapultar no Acre desde os anos 1980, o Partido Comunista do Brasil.

Fim da cizânia 

Acabou a rusga entre os partidos nanicos e o senador Jorge Viana (PT), a quem prometeram não apoiar jamais. Pelo menos é a conclusão que se chega a partir de fotografia tirada ontem em Brasília pelo presidente do PHS, Manoel Roque, durante amistosa conversa com o dito senador.

Manoel Roque (PHS) e Jorge Viana (PT) /Foto: Reprodução

PT é bom de oposição

O PT está há 20 anos no poder, mas continua um mestre na arte de fazer oposição. No caso específico da BR-364, onde os governos Jorge e Tião Viana fizeram a maior porcaria em uma obra pública, eles insistem em passar a bola para o senador Gladson Cameli (PP), que na verdade tenta em Brasília resolver o serviço malfeito. Quanto a fechar a estrada em Tarauacá, é outro ato que na minha opinião, não passa de orquestração do Partido dos Trabalhadores.

Candidato a herói

O prefeito de Manuel Urbano, Tanízio Sá (PMDB), sabe que se tapar os buracos das ruas de sua cidade já será considerado herói. Mas ele quer ir adiante. “Vou é asfaltar, inclusive alguns ramais”, afirmou à coluna.

Luiz Galvez de Aria

Meu colega Galvez 

Amanhã, 3 de junho, completam 118 anos que o meu colega jornalista Luiz Galvez de Arias fazia a denúncia mais importante daquele século, em relação a um torrão localizado abaixo da Linha do Equador, nosso Acre. Com base em Belém ele escreveu em jornais paraenses a existência de um acordo secreto entre Estados Unidos e Bolívia para, em uma eventual guerra entre Brasil e Bolívia pelo Acre, os americanos ficariam a favor dos bolivianos. O resultado final já é conhecido, os bolivianos perderam o Acre, mas no intervalo aconteceu uma prosódia: o mesmo Galvez criou um país independente, o Acre.

Natimorto

Esse programa escola integral nasceu morto, apesar da farra publicitária feita pelo Estado. Estava na cara que era mais uma tentativa do Governo de mostrar serviço sem ter serviço. Parece muito com aquelas viagens que o governador Tião Viana (PT) fazia para os municípios anunciando milhões de reais, sem a garantia que esse dinheiro chegasse em nosso interior.

Só um estadual

Na chapa para estadual da aliança entre DEM-PSDB só terá um concorrente com mandato, o deputado Antônio Pedro (DEM). Ao menos se o deputado federal Major Rocha (PSDB) mantiver sua candidatura ao Senado, porque assim o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) disputará para federal.

Em nome do amigo

Um leitor me informou o motivo de o vereador Raimundo Neném (PHS) ter atacado os presidentes de bairro. Simplesmente ele teria saído em defesa do colega vereador Railson Correia (PTN), de quem é amigo pessoal, e que teria sido atacado por um desses “líderes” comunitários.

Confusão no conselho

Pouca gente sabe, mas quase sempre há confusão nas reuniões do Conselho Estadual de Saúde. Um ex-conselheiro prometeu contar tudo à coluna, incluindo histórias escabrosas, mas desapareceu no cipoal. Já estou inclusive preocupado com o sujeito.

Tio do Petecão

Morreu anteontem o tio da vereadora Lene Petecão (PSD) e do senador Sérgio Petecão (PSD), o Pedro Oliveira. Figura querida no bairro Seis de Agosto, o falecimento dele enlutou o Segundo Distrito.

É aqui

Em se tratando de negócios com terras no Acre ou quaisquer tipos de reclamação e denúncia, é aqui comigo! Meus contatos: 99922-2118 ou evandrocordeiro.acre@gmail.com.

Veja também

Comentários